<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-TV7W9T" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden">< />iframe>

Mitos e verdades sobre o câncer de mama



Existem alimentos que previnem o câncer de mama. 
Mito! A alimentação não é um fator determinante para prevenção ou desenvolvimento da doença. No entanto, as fibras ajudam a regularizar o funcionamento do intestino, podendo reduzir o tempo de contato de substâncias cancerígenas com a parede do intestino grosso. De qualquer maneira, lembre-se: um cardápio saudável deve ser adotado diariamente, sem modismos e grandes restrições. Valorize os alimentos in natura e procure reduzir o consumo de alimentos processados. 

Se eu fizer o autoexame todos os meses, não preciso fazer os demais exames.
Mito! O autoexame é muito importante, mas não substitui a mamografia, o ultrassom e as outras formas de rastreamento. Todas elas atuam em conjunto por um diagnóstico eficiente.

Amamentar previne o câncer de mama.
Os estudos sobre esse assunto são controversos, no entanto, a maioria diz que amamentar pode sim ajudar a prevenir o câncer de mama.
 
Fazer exercícios previne o câncer de mama.
Mito! O câncer de mama é uma doença que não tem nenhuma forma de prevenção primária. Entretanto, a prática de exercícios é um hábito saudável que melhora a qualidade de vida, e por isso é importante que seja adotado.

Homens podem ter câncer de mama.
Verdade! Homens também têm mamas e podem desenvolver câncer, mas os casos são bem mais raros. 

Usar desodorante spray pode causar câncer de mama.
Mito! Não há nenhum estudo que comprove este boato que circula na Internet.​​