<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-TV7W9T" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden">< />iframe>

Novo teste diagnóstico para nódulos de tiroide

O Fleury Medicina e Saúde e a Genzyme já disponibilizam no Brasil, com exclusividade, um novo exame para diagnóstico de nódulos tiroidianos indeterminados (quando não é possível precisar se são malignos ou benignos), desenvolvido pela empresa americana Veracyte. O Perfil de Expressão Gênica (PEG) – Afirma Test, em inglês – permite, a partir do material coletado numa simples punção do nódulo de tiroide indeterminado, avaliar a expressão de 167 genes (142 genes que identificam nódulos benignos e mais 25 genes para neoplasia de tiroide). Nestes casos, um resultado benigno no exame poderia, a critério médico, poupar o paciente de uma cirurgia de retirada do nódulo.

A realização da punção da tiroide é o exame mais importante para diferenciação entre nódulos benignos e malignos. Porém, entre 15% e 30% dos resultados podem ser indeterminados, não possibilitando esta diferenciação e deixando médico e paciente em dúvida quanto ao diagnóstico. Nestes casos, estudos mostram que, em cada dez cirurgias feitas para a retirada do nódulo ou parte da tiroide, apenas três apresentam carcinoma, ou seja, a maior parte dos pacientes não precisava ter realizado a cirurgia. Diante desse cenário, o maior desafio é melhorar a acurácia diagnóstica nos nódulos e preservar os pacientes que apresentam nódulos benignos de cirurgias desnecessárias. O Perfil de Expressão Gênica (PEG) propõe uma solução para esse dilema.

Quando realizar o exame
A partir do ultrassom de tiroide é possível avaliar o tamanho e as características do nódulo. Os nódulos com mais de um centímetro ou com características suspeitas de malignidade (margens irregulares, presença de calcificações, entre outras), com dosagem de TSH normal, devem continuar a investigação com estudo citológico obtido pela punção aspirativa com agulha a fim de se esclarecer se são benignos ou malignos. Nos casos indeterminados, o Perfil de Expressão Gênica pode ser utilizado para complementar o estudo citológico, revisando a classificação de “indeterminado” para “maligno” ou “benigno”.

O exame já pode ser realizado nas unidades Paraíso, Higienópolis e Vila Nova Conceição. A amostra do material obtido na punção será enviada para a Veracyte nos Estados Unidos, onde será avaliada a expressão dos genes.

Para mais informações sobre o Perfil de Expressão Gênica, entre em contato com a nossa Central de Atendimento 24h pelos telefones 3179-0822 (Grande São Paulo) ou pelo 0800-704-0822, se estiver em outras localidades.

Referências:
Cooper DS, Doherty GM, Haugen BR, et al. Revised American Thyroid Association management guidelines for patients with thyroid nodules and differentiated thyroid cancer. Thyroid. 2009;19:1167-1214.
Walsh PS, Wilde JI, Tom EY, et al. Analytical performance verification of a molecular diagnostic for cytology-indeterminate thyroid nodules.J ClinEndocrinolMetab. 2012;97:E2297-E2306.
Alexander EK, Kennedy GC, Baloch ZW, et al. Preoperative diagnosis of benign thyroid nodules with indeterminate cytology. N Engl J Med. 2012;367:705-715.​