<iframe src="//www.googletagmanager.com/ns.html?id=GTM-TV7W9T" height="0" width="0" style="display:none;visibility:hidden">< />iframe>

2ª Edição Projeto Dom 2013



As vencedoras ABBR, GRAACC e Rede Postinho terão melhorias na ambientação de espaços

Durante a 2ª edição do Projeto DOM, que une voluntariado e transformação social, treze organizações foram capacitadas. O programa englobou seis Estados em que o Grupo Fleury está presente: Rio de Janeiro, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Sul, Paraná, além de São Paulo, capital que concentrou a primeira edição, em 2012. No decorrer da capacitação, as organizações tiveram aulas de gestão visando à excelência no atendimento por meio de ferramentas digitais e sustentabilidade em saúde. Por três meses, trabalharam em conjunto com tutores voluntários do Grupo Fleury para desenvolver um projeto prático a partir do conteúdo trabalhado.

Para Iara Cristina Dieb, a assistente social de uma das associações vencedoras no projeto, o Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer, a iniciativa foi positiva porque o GRAACC já desenvolvia um trabalho voltado para o cuidado com o paciente e a família, mas com o DOM, isso foi feito de maneira mais pensada e sistematizada. “Ficamos muito felizes com a premiação, pois sabemos da qualidade dos projetos que concorreram. Com o prêmio, as crianças e seus familiares terão um espaço para descansar e muito mais conforto. O nosso desafio é dar continuidade às outras fases do projeto”, afirma. A iniciativa tem como objetivo sistematizar as ações por meio de uma metodologia de acolhimento.

Outra iniciativa premiada, a Rede Postinho de Saúde, do Rio de Janeiro, presta atendimento ambulatorial e dá orientação às mulheres moradoras das Comunidades do Cantagalo, Pavão e Pavãozinho. A ONG realizou o planejamento estratégico para a instituição e traçou objetivos que serão trabalhados por meio de um plano de ação de três anos. Segundo Felipe da Mata, coordenador de estratégia do Grupo Fleury e tutor do projeto, a importância de participar como voluntário se deve ao casamento entre a área de atuação dos sponsors com o projeto que cada ONG pretendia desenvolver. “Consegui colocar em prática o que sei fazer de melhor para ajudar a organização. Aprendemos muito, foi um trabalho contagiante e conseguimos trazer essa energia para o Fleury”, completa.

O projeto “Oficina Ortopédica – técnica e arte em prol do Deficiente Físico”, da ABBR (Associação Brasileira Beneficente de Reabilitação), situada também no Rio, fecha o trio de vencedores. A organização desenvolveu um projeto para aumentar a produtividade da oficina ortopédica a partir da modernização da área, beneficiando os pacientes.

Alguns dos critérios de avaliação para contemplar os projetos premiados foram criatividade e inovação, sinergia com a capacitação ministrada e qualidade do projeto entregue - como clareza, objetividade, coerência e apresentação. Participaram da banca julgadora deste ano: Rosenildo Ferreira, colunista de Sustentabilidade da IstoÉ Dinheiro; Marcelo Cardoso, diretor executivo de Pessoas, Estratégia, Inovação e Sustentabilidade do Grupo Fleury; Dr. Florisval Meinão, presidente da Associação Paulista de Medicina (APM); Juliano Paggiaro, diretor de Negócios da BD Diagnostics; e Bettina Grajcer, diretora executiva da Lynx Consultoria.

Para as organizações interessadas na próxima edição do Projeto DOM, as inscrições para o novo edital nacional começam no primeiro semestre de 2014.​​​​​​​​​